Total de visualizações de página

ALBERT HENRY STORRIE




Albert Henry Storrie nasceu em Gateshead, cidade ao nordeste da Inglaterra a 22 de outubro de 1888. Seus pais são Thomas e Emma Storrie.
Após a Primeira Guerra Mundial deixou a Inglaterra para se juntar a George Howes em Lisboa no trabalho missionário.
Um dia, quando o Sr. Howes estava doente, pediu ao jovem Storrie que levasse um pacote de livros a uma senhora missionária que se dirigia para o Brasil por um “Royal Mail Ship” (Vapor do Correio Real Britânico). Tratava-se daquela que seria sua futura esposa, Doris Burton.
Alguns anos depois, em 1923, logo após o seu casamento, chegaram ao Brasil. Compraram a casa que era do Sr. McNair em Conceição de Carangola-MG e o Sr. Storrie assumiu o trabalho bíblico ali. Cooperou no trabalhado de evangelização juntamente com os também missionários William Anglin e William John Goldsmith, por toda a região da Zona da Mata, região limítrofe entre os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.
Além do trabalho de evangelização, o casal Storrie muito contribuiu na alfabetização das crianças.

Escola em Conceição em 1935 - (Funcionava debaixo da casa do Sr. Storrie)
Da esquerda para a direita, temos: Doris Storrie, Prof. Lucila quando criança e Albert Storrie


O Sr. Alberto, como era chamado pelos brasileiros, foi redator de “Amiguinhos”,  periódico para leituras das crianças. Contribuiu também com traduções de hinos e redação a partir da 6ª edição do hinário “Hinos e Cânticos”.


Um exemplar de "Amiguinhos" de Outubro de 1936



Na região de Conceição de Carangola, D. Doris, enfermeira, deu continuidade ao trabalho de assistência de saúde à comunidade iniciado por D. Carlota Mc Nair.
Antes da Segunda Guerra Mundial, voltaram para a Inglaterra. Depois teve outra passagem pelo Brasil.
Albert Henry Storrie foi chamado à Glória em 1977.

Alguns dados extraídos do periódico Echoes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário